Apresentação

Apresentação

A Associação Portuguesa de Nutrição tem a decorrer, desde 2017, um Programa de Sensibilização e Informação sobre Sustentabilidade Alimentar. Este Programa encontra-se assente nos cinco eixos para a sustentabilidade alimentar e agricultura da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Paralelamente, também se encontra em consonância com determinados Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Ao consultarmos o dicionário da língua portuguesa verificamos que o termo "sustentabilidade" significa característica ou qualidade do que é sustentável, sendo "sustentável" o que se pode sustentar, defender ou seguir ou realizado de forma a não esgotar os recursos naturais nem causar danos ambientais. Se juntarmos este conceito à alimentação, surge o desafio de refletir sobre a alimentação de um modo mais sustentável, ou seja, que permita responder às necessidades do presente, sem comprometer os recursos disponíveis para as gerações futuras.
Em 2014, a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) apresentou cinco eixos para a sustentabilidade alimentar e a agricultura:

1.º: Melhorar a eficiência na utilização dos recursos;
2.º: Ter uma ação direta para conservar, proteger e melhorar os recursos naturais;
3.º: Proteger os meios rurais de subsistência e melhorar a equidade e o bem-estar social;
4.º: Melhorar a resiliência das pessoas, comunidades e ecossistemas, especialmente as alterações climáticas e a volatilidade dos mercados;
5.º: Promover a boa governação para uma melhor sustentabilidade dos sistemas naturais e humanos.

Com base nestes cinco eixos, a Associação Portuguesa de Nutrição apresentou cinco recomendações para uma alimentação mais saudável e sustentável adaptados à realidade portuguesa:

  1.: Compre a produtores nacionais, sempre que possível;
2.: Prefira alimentos frescos, locais e da época;
3.: Tenha uma Alimentação Mediterrânica;
4.: Repense, Reduza, Reutilize e Recicle;
5.: Ajude a promover a Alimentação Saudável. - Envolva-se!

O Nutricionista, bem como os restantes profissionais da área da alimentação e da nutrição, assumem um papel preponderante na reflexão, discussão e decisão no que respeita a estes assuntos, com impacto direto na sustentabilidade alimentar.