Notícias

Produção mais eficiente pode reduzir os terrenos agrícolas ocupados em quase metade

Um estudo que juntou geógrafos da Ludwig Maximilian University of Munich (LMU), na Alemanha, e investigadores das Universidades de Basileia (Suíça) e Hohenheim (Alemanha) analisou quanta área de terra poderia ser salva e utilizada para combater a crise climática e a perda de biodiversidade globalmente, através de métodos de produção mais eficientes, e quais seriam os efeitos económicos. O modelo mostrou que em condições otimizadas quase metade dos atuais terrenos agrícolas poderiam ser salvos.  A nível económico, os preços diminuiriam em todas as regiões e a produção aumentaria 2,8%.
Ler mais.